Pesquisar no Glossário

Glossário de Obra

Significado dos termos mais comuns de reforma e construção iniciados com a letra L

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z
LÃ DE VIDRO
Material isolante, composto de finos fios de vidro, empregado no conforto térmico.
LADRÃO
Cano ou orifício, também chamado tubo de descarga, situado na parte superior dos reservatórios, banheiros e pias, destinado ao escoamento do ocasional excesso de água.
LADRILHO
Peça quadrada ou retangular, com pouca espessura, de cerâmica, barro cozido, cimento, mármore, pedra, arenito ou metal.
LADRILHO HIDRÁULICO
Piso opaco produzido com pó de mármore, cimento branco em pó, areia e pigmentos de ferro -tem esse nome pelo fato de usar água no lugar da moderna monoqueima (a massa era posta para secar, depois de tirada de fôrmas que davam sua estrutura e desenho).
LAJE
Estrutura plana e horizontal de pedra ou concreto armado, apoiada em vigas e pilares, que divide os pavimentos da construção.
LAJOTA
Pequena laje de pedra -é mais comum o emprego do termo para designar as placas de pedra, geralmente arenito, usadas nos pisos dos jardins.
LAMBREQUIM
Recorte na madeira que arremata forros e beirais.
LAMBRI (ou lambril)
Revestimento de madeira, mármore, azulejo e outros materiais aplicado até certa altura das paredes internas de um ambiente.
LAMINADO
Madeira compensada revestida com lâminas superpostas e coladas.
LÂMPADA DE DESCARGA DE ALTA PRESSÃO
Seu princípio de funcionamento é completamente diferente das incandescentes: uma descarga elétrica entre os eletrodos leva os componentes internos do tubo de descarga a produzirem luz. Funcionam através do uso de reatores, e, em alguns casos, só partem com auxílio de ignitores. Dependendo do tipo, necessitam de 2 a 15 minutos entre a partida e a estabilização total do fluxo luminoso. Via de regra, representam alternativa de maior eficiência para substituição de lâmpadas incandescentes.
LÂMPADA FLUORESCENTE
Fonte de luz artificial, baseada em descarga eletromagnética.
LÂMPADA FLUORESCENTE COMPACTA
Com a mesma tecnologia e as características de uma lâmpada fluorescente tubular, porém com tamanhos reduzidos. São utilizadas para as mais variadas atividades, apresentando, em relação às tubulares, consumo de energia menor, durabilidade maior e excelente reprodução de cores.
LÂMPADA FLUORESCENTE TUBULAR
De alta eficiência e longa durabilidade, emitem luz pela passagem da corrente elétrica através de um gás. A descarga elétrica será convertida em luz pelo pó fluorescente que reveste a superfície interna do bulbo. É da composição deste pó que resultam as mais diferentes alternativas de cor de luz adequadas a cada tipo de aplicação, além de determinar a qualidade e quantidade de luz e a eficiência na reprodução de cor.
LÂMPADA HALÓGENA
Funcionando em tensão de rede ou em baixa tensão, são também consideradas incandescentes por terem o mesmo princípio de funcionamento -porém, são incrementadas com gases halógenos que, dentro do bulbo, se combinam com as partículas de tungstênio desprendidas do filamento.
LÂMPADA INCANDESCENTE
Tipo de lâmpada cujo funcionamento se dá através da passagem da corrente elétrica por um filamento de tungstênio que, com o aquecimento, gera a luz. Têm atualmente sua aplicação predominantemente residencial.
LANÇO
De uma maneira geral, em arquitetura o termo designa uma sucessão de elementos semelhantes: assim, por exemplo, lanço de uma escada é o conjunto de degraus situados entre dois patamares.
LANTERNIM
Pequeno telhado sobreposto às cumeeiras, propiciando ventilação.
LATÃO
Liga de 67% de cobre com 33% de zinco, podendo receber adições de estanho ou chumbo conforme o emprego a que se destina.
LAVABO
Pequeno banheiro sem espaço para o banho.
LEI DE ZONEAMENTO
Legislação municipal que rege o uso de terrenos urbanos.
LENÇOL FREÁTICO
Nas camadas subjacentes do solo, local onde se acumulam as águas subterrâneas absorvidas pelos terrenos superficiais.
LEVANTAMENTO TOPOGRÁFICO
Refere-se á análise e descrição topográfica de um terreno. Também chamado de levantamento planialtimétrico.
LEVIGADO
Tipo de acabamento semi-polido. Pedra cuja superfície foi alisada ou aplainada.
LINDEIRO
Diz-se do lote de terreno contíguo a outro.
LINÓLEO
Piso cujo nome vem do uso de óleo de linhaça na fabricação. Alguns têm desenhos incrustados ou são pintados a óleo bem coloridos.
LISTELO
Filete. Pequena moldura cerâmica usada para arrematar peças cerâmicas.
LISTELO UNIVERSAL
Diferencia-se do listelo comum por ser de encaixe recortado, permitindo a continuidade dos desenhos, escondendo o rejuntamento e eliminando a necessidade de manter a estética dos azulejos, podendo ser para piso ou parede.
LIVING
Palavra inglesa que designa os espaços de convívio da casa.
LOCAÇÃO DA OBRA
Implantação da obra a partir do gabarito.
LOFT
Palavra inglesa, que significa depósito. Hoje, designa espaços amplos, sem divisórias, usados como moradia.
LONGARINA
Denominação aplicada a certas vigas como aquelas em que assenta o tabuleiro duma ponte. Viga em que se assenta degraus de uma escada. Viga que une as cabeças de uma série de estacas.
LUNETA
Abertura de forma circular, envidraçada, colocada no topo de janelas e portas. Também é um tipo de abóbada.