Pesquisar no Glossário

Glossário de Obra

Significado dos termos mais comuns de reforma e construção iniciados com a letra J

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z
JANELA BASCULANTE
Tipo de janela que se projeta para dentro ou para fora, num movimento de rotação em torno de um eixo horizontal ou por meio de um braço de articulação, chamado báscula. Dependendo do ângulo de abertura de suas folhas, a ventilação é parcial mas constante.
JANELA DE ABRIR
Assim são chamadas as janelas tradicionais, que liberam 100% do seu vão para entrada de ar, sem nenhuma resistência ao vento. Existem as de folhas duplas e as de folhas simples. Tanto numa quanto noutra, as folhas se fixam apenas quando abertas ou fechadas totalmente.
JANELA DE CORRER
Move-se ao longo de trilhos - é chamada de deslizante quando se abre para as laterais, e de guilhotina quando se abre para cima e para baixo. Em ambos os casos, apresenta manobras simples, que poupam os espaços ao redor, tanto interna como externamente. A ventilação apenas se dá em 50% da abertura.
JANELA DE TOMBAR
Esse tipo de janela, como o nome já diz, tomba para dentro, mas apenas na parte superior da esquadria. Apesar de não liberar totalmente o vão, oferece aeração constante e boa vedação contra chuvas e ventos.
JANELA ESCOTILHA
Aquela de dimensões pequenas e arredondadas semelhante à janela dos navios.
JANELA GUILHOTINA
Aquela em que seus caixilhos se movimentam verticalmente.
JANELA MAXIMAR (ou maximo-ar)
Denominação de janelas cuja abertura deixa os vidros numa posição perpendicular em relação à esquadria. Garante boa ventilação e iluminação, mas pouca privacidade.
JANELA PIVOTANTE
Janela cuja abertura é determinada por movimento giratório em torno de um eixo (pivô) vertical instalado no meio da abertura ou mais próximo de uma das bordas. Cria vãos que permitem a circulação do ar em todo o ambiente, mas dificulta a colocação de cortinas e grades.
JANELA SANFONADA
Também conhecida como camarão, move-se no sentido horizontal, flexionando suas folhas com a ajuda de dobradiças. Regula bem a entrada de luz e ar, mas quando fechada não permite boa estanqueidade.
JANELA VENEZIANA
Tipo de janela com palhetas na horizontal, que se apoiam na caixilharia. Além da de palhetas estreitas, existe o tipo portuguesa, cujas palhetas em balanço avançam para fora do caixilho. Proporciona ventilação mesmo quando fechada.
JARDA
Medida inglesa de comprimento igual a três pés ou 36 polegadas e equivalente a 0,9144m.
JARDIM DE INVERNO
Local, em geral envidraçado, reservado no interior das construções para o cultivo de plantas.
JIRAU
Primitivamente entre nossos índios, nome da armação horizontal de galhos ou varas apoiada sobre forquilhas, que servia para amparar, acima do fogo, as carnes ou peixes. Com o tempo passou-se a dar o nome de jirau aos estrados ou palanques a meia altura, que servem de prateleiras profundas, onde são guardados os trastes e objetos sem uso duma residência. Nas lojas, piso à meia altura.
JUNTA
Articulação. Linha ou fenda que separa dois elementos diferentes mas justapostos.
JUNTA A PRUMO
Tipo de colocação do tijolo, do azulejo ou da cerâmica, um ao lado do outro, vertical ou horizontalmente. Dispensa a amarração.
JUNTA DE AMARRAÇÃO
Tipo de colocação de tijolos em que um trava o deslocamento do outro. Existem alguns tipos, como a junta de amarração simples, a junta de amarração francesa etc.
JUNTA DE ASSENTAMENTO
Frestas (espaçamentos) regulares entre placas cerâmicas. As informações sobre seus tamanhos devem constar nas embalagens dos produtos.
JUNTA DE DILATAÇÃO
Recurso que impede rachaduras ou trincas. São réguas muito finas de madeira, metal ou plástico que criam o espaço necessário para que materiais como concreto, cimento, granilite etc. se expandam sem danificar a superfície.